Como utilizar meus bitcoins para compras?

Como utilizar meus bitcoins para compras?

Confira algumas opções para gastar suas criptomoedas de forma mais fácil

24-10-2018
Laura Espada
Para alguns entusiastas de criptomoedas, uma das grandes dúvidas na hora do investimento é como gastar ou utilizar as moedas digitais de forma fácil. Aos poucos, estabelecimentos do mundo inteiro começam a dar sinais de que estão abertos aos novos tipos de investimentos, como por exemplo, aceitando bitcoins.
Segundo o CoinMap, são mais de 13 mil lugares no mundo que já recebem pagamentos por meio de bitcoins. Empresas de diversos setores já incluíram as criptomoedas no seu dia a dia, inclusive gigantes que são referências em suas áreas de atuação, como por exemplo a Dell. Outras organizações como agências de viagens, hotéis, empresas de comunicação e marketing e universidades também já recebem em bitcoins – se quiser conferir a lista de lugares com mais detalhes, veja aqui.
Mesmo sendo um movimento ainda tímido no Brasil, algumas alternativas têm surgido para fazer a ponte entre seu orçamento em reais e bitcoins. Por isso, investidores buscam opções que possibilitem o uso das moedas digitais para facilitar compras comuns, como em supermercados, padarias e outros tipos de comércio.
Cartões pré-pagos
Para isso, uma alternativa são as opções de cartões pré-pagos. Após converter suas criptomoedas em reais na plataforma da exchange, você pode transferir o valor para o cartão e utilizá-lo em qualquer local normalmente. Um exemplo disso é o CLO/OPLA!, da NegocieCoins, que ao integrar as plataformas, possibilita a retirada instantânea do valor convertido das criptomoedas para sua conta-corrente. O cartão permite, inclusive, o uso em outros países e compras online. Você pode gerenciar seu saldo por meio da sua conta na NegocieCoins.
Pensando a longo prazo
Se você prefere esperar o ganho de capital com as criptomoedas em vez de gastá-las, não se preocupe. A aplicação é uma boa ideia para quem quer investir a longo prazo. Quanto mais tempo você permanece com os bitcoins, maior será seu benefício econômico. No último ano, o bitcoin valorizou 60% e no ano anterior 1.300%. Uma dica é ficar de olho no mercado, acompanhando o preço das criptomoedas para comprar na baixa e vender na alta.