Entenda a diferença entre Soft Fork e Hard Fork

Entenda a diferença entre Soft Fork e Hard Fork

Atualizações são essenciais para aprimorar código das criptomoedas e evitar possíveis falhas

04-12-2018
Laura Espada
Quando o assunto é criptomoedas, análises e discussões sobre os forks são recorrentes. Fork é o nome dado às atualizações que o protocolo ou código de uma criptomoeda recebe. A palavra vem do inglês e significa “garfo” - justamente por simbolizar uma bifurcação. Por meio dessas atualizações é possível aprimorar o código da moeda e, inclusive, originar novas moeda digitais. O Bitcoin Cash e Bitcoin Gold, por exemplo, foram originados em um Fork da rede.
Para entender um pouco melhor como funciona o aperfeiçoamento de um protocolo, é importante considerar a diferença entre um Soft Fork e um Hard Fork. Por isso, nós da NegocieCoins, separamos as principais características de cada uma.
Soft Fork
Essa classificação se refere a uma mudança compatível com as versões anteriores. Neste caso, é uma alteração mais sutil e as novas regras podem operar em conjunto com o novo protocolo. Para serem aprovados, esses forks precisam de consenso, ou seja, a maioria dos participantes da rede deve concordar com as mudanças sugeridas. Eles precisam aceitar receber blocos criados por nodos novos que atuarão de acordo com as novas regras implementadas pela nova versão.
Hard Fork
É referente a uma alteração mais rígida. Se a atualização na rede altera a compatibilidade com o passado – um bloco que antes era inválido passa a ser considerado válido pelos nodos atualizados – ela pode ser considerada um hard fork. Essa alteração pode diminuir a rigidez nas regras, como por exemplo, aceitando blocos maiores. Por não ter compatibilidade com o passado, o fork é mais pesado.
Além de aprimorar o código da moeda em si, um dos principais papeis dos forks é renovar os ânimos do mercado em relação a alguma inconsistência existente em relação aos bitcoins. Com essas atualizações, são corrigidas pequenas falhas.
Quer saber mais sobre o universo das criptomoedas? Siga acompanhando as novidades no nosso blog.